Sobre nós

Logo_UniarteAinda com história recente, mas preenchida de sucessos, a Uniarte é hoje um empreendimento gráfico de referência.

Sustentada num conhecimento coligido em mais de 30 anos de atividade o seu trabalho encontra-se hoje em todos os escaparates nacionais e em alguns internacionais. Pelo seu prelo passaram trabalhos de reputados autores, relevantes instituições e conceituados designers.

Sendo um mercado competitivo e de elevado dinamismo, a Uniarte vem respondendo, à crescente exigência, dos desafios propostos, com soluções que respeitam os mais elevados padrões qualitativos, quer na aproximação às novas realidades tecnológicas, investindo em equipamento atual por forma a otimizar recursos, custos e tempo de resposta, quer na formação dos seus colaboradores, adequando o seu papel a esta nova realidade.

Como resultado, a Uniarte disponibiliza um conjunto de produtos de elevada qualidade em todas as áreas das artes gráficas, realizadas com saber e conhecimento por profissionais altamente qualificados. Aliada a esta formação técnica, a Uniarte encontra-se, actualmente, num parque industrial com cerca de 1.100 m2 de área que alberga, num mesmo local, requisitos mecânicos para solucionar de imediato qualquer problema do universo gráfico e stocks de vários suportes à impressão. Na certeza de assim contribuir para reduzir a sua pegada ecológica. No plano social coloca em prática, com regularidade, um contributo altruísta a entidades e grupos no apoio aos mais necessitados.

Estatuto Editorial

NOTÍCIAS DA BEIRA-DOURO

O JORNAL «NOTÍCIAS DA BEIRA-DOURO» tem sede no Porto é um periódico de informação geral e de expansão maioritariamente em território nacional, junto das comunida­des portuguesas radicadas em outros países, e com especial­ incidência nos concelhos de Armamar, Lamego, Moimenta da Beira, S. João da Pesqueira, Tabuaço, Tarouca, todos do distrito de Viseu.

Está ao serviço das populações abrangidas pela sua área de influência, promovendo a denúncia do que está mal e elogiando o que de bem se faz, ajudando assim a construção de uma sociedade mais justa. Este jornal rejeita todas as formas de violência e defende o diálogo como forma de resolver as diferenças que haja entre as pessoas.

Como publicação periódica de informação geral, o jornal NOTÍCIAS DA BEIRA-DOURO informa tudo o que, em seu entender, preocupa a sociedade atual. Está aberto ao pluralismo e à diversidade de opiniões, tendo por limites o bom senso corrente da não agressão verbal a quem quer que seja.

NOTÍCIAS DA BEIRA-DOURO é um jornal independente de qualquer poder político, económico ou religioso. É um jornal onde a informação se interliga com a opinião numa perspetiva formativa, defendendo que só a verdade deve ser divulgada, dentro dos justos limites da liberdade de expressão.

O jornal NOTÍCIAS DA BEIRA-DOURO assume o compromisso de respeitar os Princípios Deontológicos da Imprensa e a Ética Profissional, de modo a não poder prosseguir apenas fins comerciais, nem abusar da boa fé dos leitores, encobrindo ou deturpando a informação

Cronologia

2007
Em 2007, com a contínua expansão da Uniarte Gráfica, sentimos a necessidade de adquirir uma nova máquina offset de grande formato (72×102) com 5 cores mais verniz e ainda uma unidade de CTP para assim podermos fazer face às exigências de qualidade e prazos de entrega dos nossos clientes.

2004
A diversificação da oferta tem sido outro dos critérios orientadores da política de investimentos. A aquisição de uma máquina de dobragem de linha de revista e uma máquina de capa dura atesta isso mesma. Novas competências para nós que representam um serviço completo para os nossos clientes.

2000
Desde a primeira hora que assumimos a inovação tecnológica como diferencial competitivo da nossa oferta. Em 2000, com a aquisição de uma máquina Heidelberg de offset a cinco cores (50×70) renovámos esse nosso compromisso com o mercado.

1997
O crescimento continuado da produção obrigou a nova mudança de instalações. Com o novo edifício na Rua Pinheiro de Campanhã, duplicamos a área disponível e criamos um espaço que acreditamos estar à medida do crescimento esperado.

1990
O aumento consolidado da produção, tornou a actividade da empresa incompatível com as originais instalações.
Com a aquisição de novas instalações na Rua Aires Ornelas, a empresa passou a dispor de uma área de 1.100 m2 para o seu parque de máquinas. Cumpríamos assim um dos desígnios da Uniarte Gráfica: proporcionar um melhor serviço.

1978
A integração a tempo inteiro de uma nova liderança, representou um novo impulso na consolidação económica, na definição e implementação de novas estratégias, em suma, na transformação da empresa moderna, credível e prestigiada que hoje nos orgulhamos de ser.

1974
Em 1974, a Uniarte, possuía de gráfica pouco mais do que o nome. Limitava a sua intervenção à impressão de sacos plásticos. A aquisição da empresa por Francisco Cerqueira operou uma verdadeira revolução. Nesse mesmo ano com a aquisição de duas máquinas Heidelberg tipográficas começámos a perspectivar um novo futuro para a empresa.